Sirlei Silveira confirma interesse de Taquara em escola cívico-militar

Prefeita esteve no Ministério da Educação onde tirou dúvidas sobre adesão ao programa federal.
Publicado em 07/10/2021 11:43 Off
Por Vinicius Linden
Maurício, Sirlei entre Ávila e Viegas e a Valentine durante agenda no MEC. Foto: Divulgação

Em seu segundo dia de agendas em Brasília, a prefeita de Taquara, Sirlei Silveira, cumpriu agenda no Ministério da Educação (MEC), na quarta-feira (6), com o oficial de Gestão Nacional de Boas Práticas do Programa Escola Cívico-Militar (Pecim), coronel Ávila, e com o coordenador geral de Acordos e Cooperação Técnica, Sérgio de Assunção Viegas. O assunto foi a adesão de Taquara à proposta do governo federal para instalar uma escola cívico-militar no Município.

“Recebemos as orientações e entendemos o programa nas suas mais variadas modalidades e saímos do encontro com o documento onde manifestaremos o interesse na adesão”, reforçou a prefeita, lembrando que em julho de 2019 o Democratas, partido do vice Nelson Martins, e que está na base de seu governo, através do secretário de Desenvolvimento Social e Habitação de Taquara, Maurício Souza, na época assessor parlamentar do deputado Rodrigo Lorenzoni, já havia solicitado ao então chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, atual ministro do Trabalho e Previdência do Brasil, a instalação de uma escola cívico-militar na região. “No início da nossa gestão, o assunto voltou a ser tratado por nós com a presença e o interesse do vereador Marcelo Maciel, que é defensor desta pauta”, reforçou.

Tratativas entre Prefeitura e governo federal

A prefeita ressaltou que, a partir de agora, as tratativas serão feitas diretamente entre Prefeitura de Taquara e governo federal. “Agradecemos especialmente aos profissionais técnicos do Ministério que nos acolheram com imensa cordialidade, deixando um canal aberto para seguirem nos orientando e alinhando os próximos passos para fazermos a adesão ao programa na modalidade recursos”, detalhou. “Enquanto professora, sei da importância de termos uma escola deste porte, onde os ensinamentos pedagógicos se mesclam com a formação cidadã de nossas crianças. Taquara já é um polo educacional para todo o Vale do Paranhana, com nossas escolas públicas e privadas, Faccat, ensino técnico e profissionalizante. Vamos nos empenhar para conseguir esta conquista para nosso Município”, garantiu.

Rotina de agendas em Brasília

Desde terça-feira (5), a prefeita está na capital do País para deixar em gabinetes de 31 deputados federais projetos de interesse para Taquara, a fim de que incluam o Município na relação daqueles contemplados com emendas parlamentares. “Na mala, vieram projetos de revitalização dos parques do Trabalhador e da Bandeira, de recapeamento e calçamento de ruas, de compra de maquinários para desenvolver a agricultura, de ônibus adaptado para pessoas com deficiência, de ampliação de UBSs, aquisição de ambulância e custeio para a saúde, viatura para a Patrulha Maria da Penha, construção das sedes do Cras e do Conselho Tutelar, unidade móvel do Cras, compra de câmeras de monitoramento para reforçar a segurança das zonas urbana e rural, entre tantos outros”, detalhou.

A diretora de Planejamento, Valentine Vaccari Dall’Acqua, e o secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Maurício Souza, estão acompanhando a prefeita nesta missão de bater de porta em porta para apresentar Taquara aos deputados, num trabalho que não discrimina nenhum partido. “A convite do deputado Osmar Terra, também visitamos o Palácio do Planalto, onde nos encontramos rapidamente com o presidente Jair Bolsonaro. Osmar já sinalizou que enviará recursos para Taquara e disse que quer ser parceiro da nossa cidade.

Estamos pensando nas emendas de 2022, mas também queremos estabelecer uma ligação com os deputados para que estes recursos sejam direcionados para o nosso Município constantemente”, salientou. Nesta quinta-feira (7), a comitiva segue em agendas e também visitando ministérios.

>> Deixe sua opinião: