Taquara assume manutenção de 100 vagas de ensino infantil da rede estadual de ensino

Prefeitura atenderá estudantes do pré, meninos e meninas com quatro a cinco anos de idade.
Publicado em 22/01/2020 15:56 | Atualizado em 23/01/2020 15:05 Off
Por Vinicius Linden

A Prefeitura de Taquara anunciou que atenderá, a partir deste ano, 100 vagas para estudantes do pré, meninos e meninas, com quatro a cinco anos de idade. As aulas estão programadas para iniciar no dia 17 de fevereiro. O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho afirma que a falta de vagas em escolas de educação infantil tem sido um problema recorrente nos municípios da região, situação que vem sendo acompanhada pela administração de Taquara desde o início de sua primeira gestão.

“Na maioria das cidades do Vale do Paranhana, a educação infantil costuma ter uma demanda superior ao número de vagas disponíveis. Cientes da preocupação das mães e pais que, em muitos casos, precisam trabalhar e não têm com quem deixar seus filhos, ou ainda aqueles que não conseguem vagas em escolas próximas às suas residências, propusemos e reafirmamos essa parceria com as escolas da rede estadual e, além de aumentarmos o número de vagas na educação infantil, também iremos reorganizar a lista de inscritos, separando por zoneamento”, informou o prefeito de Taquara.

Durante uma reunião realizada com representantes das Escolas Estaduais de Ensino Fundamental (E.E.E.F.) Dr. Breno Oswaldo Ritter, 27 de Maio e Tristão Monteiro, na manhã de quinta-feira (16), o secretário municipal de Educação, Cultura e Esportes, Antônio Edmar Teixeira de Holanda explicou como funcionará essa parceria. “Nos reunimos com a direção da 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), de São Leopoldo, e ficou acertado que o Estado cederá três salas de aula em suas escolas, enquanto que Taquara ficará responsável pela cedência de professores e também a metodologia de ensino”, revelou o secretário Edmar.

Para a presidente do Conselho Municipal de Educação, Vivian Angeli, essa parceria que vem dando certo há alguns anos beneficia não apenas os pais e mães que esperam por uma vaga para seus filhos, mas também as próprias escolas estaduais de Taquara. “A medida que os estudantes vão se formando no ensino fundamental, essas escolas vão diminuindo a cada ano o seu corpo discente. Dessa forma, além de possibilitar que a SMECE ofereça novas vagas para a educação infantil, essa parceria com a Administração Municipal de Taquara também contribui para a continuidade do processo educativo desses educandários da rede estadual”, analisa a presidente do Conselho de Educação.

Fotos: Divulgação

>> Deixe sua opinião: