Geral
  SAÚDE

Taquara se mobiliza para aplicar a segunda dose da vacina infantil contra a Covid-19 na próxima terça-feira (19)

Todas as Unidades Básicas de Saúde com salas de vacinas do Município imunizarão crianças neste dia a partir das 8h.

As crianças de 5 a 11 anos de Taquara que foram vacinadas contra a Covid-19 no primeiro Dia C de vacinação infantil, realizado no dia 19 de fevereiro, poderão tomar a segunda dose na próxima terça-feira (19) em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS). A mobilização será para que os pequenos possam completar o esquema vacinal, dois meses após a aplicação da primeira dose da vacina infantil da Pfizer. “Foram mais de 700 crianças imunizadas naquele dia, e por isso estamos fazendo esta campanha para que os pais ou responsáveis consigam levar seus filhos para receber a segunda dose”, destaca a secretária de Saúde, Mariane Farias da Silva.

As vacinas serão aplicadas nas UBSs Empresa, Piazito, Santa Teresinha e Mundo Novo. No Piazito, a imunização será das 8h às 17h. A vacinação na UBS Empresa começa às 8h e termina às 20h. E nas UBSs Mundo Novo e Santa Teresinha, as doses serão aplicadas das 8h às 11h45, e das 13h às 20h. Além disso, as crianças que ainda não tomaram a primeira dose, ou estão com a segunda dose atrasada também podem tomar a vacina neste dia.

Vacinação infantil nos demais dias da semana

Além da próxima terça-feira, a vacinação de crianças de 5 a 11 anos ocorre de segunda à sexta-feira no Município. Nas segundas e quartas-feiras, a aplicação da primeira e segunda doses da vacina infantil da Pfizer é na UBS Empresa, das 8h às 15h30. Nas terças e quintas-feiras, a vacinação ocorre na UBS Piazito, com a aplicação da primeira e segunda dose das vacinas Butantan/Coronavac, das 8h às 16h, e nas sextas-feiras, a campanha é realizada na UBS Mundo Novo, em que há a aplicação da primeira e segunda dose das vacinas da Pfizer infantil, das 8h às 11h30 e das 13h às 15h30.

Mais informações sobre a vacinação em Taquara podem ser consultadas através do WhatsApp (51) 98924-8784.

Mobilização também será válida para quem ainda não tomou a primeira dose ou está com a segunda dose atrasada
Foto: Cris Vargas/Prefeitura de Taquara