Vale do Paranhana receberá 426 vacinas contra Covid-19 para iniciar aplicação de dose de reforço em idosos que moram em lares

Imunização será voltada às pessoas com 60 anos ou mais e que receberam duas doses ou dose única há mais de seis meses
Publicado em 10/09/2021 14:22 | Atualizado em 10/09/2021 14:23 Off
Por Cleusa Silva

Após a chegada de novas doses de vacinas contra a Covid-19 (novo coronavírus) ao Rio Grande do Sul, na manhã de quinta-feira (9), o Governo do Estado começará a distribuição das doses para os municípios darem início a imunização de reforço, a terceira dose. Neste primeiro momento, o Vale do Paranhana receberá 426 doses, que serão destinadas aos idosos que vivem em lares e instituições de longa permanência.

Conforme a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri, serão distribuídas 45 mil doses de Pfizer para os moradores de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), maiores de 60 anos.

“Os idosos em lares foram o público escolhido para ser priorizado agora por ser o mais vulnerável às consequências da doença e por morarem em um local de mais fácil disseminação do vírus”, explica Tani Ranieri.

A dose extra, recomendada pelo Ministério da Saúde, deverá ser aplicada em todos os idosos residentes de ILPIs e que já completaram o esquema vacinal básico (duas doses ou dose única, dependendo da fabricante) há, no mínimo, seis meses.

Das 45 mil doses da Pfizer que serão distribuídas para as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs), 108 doses deverão ser destinadas para Rolante, 84 para Parobé, 84 para Igrejinha, 66 para Taquara, 60 para Três Coroas e 24 para Riozinho, totalizando 426 doses encaminhadas para o Vale do Paranhana.

Na distribuição para as Coordenadorias Regionais, programada para esta sexta-feira (10), também deverão ser entregues 38.960 doses de Coronavac e 61.992 doses de Pfizer para segunda dose (D2).

>> Deixe sua opinião: