Vale do Paranhana receberá R$ 1,1 milhão na Consulta Popular 2021

Conselho Regional de Desenvolvimento deu início à organização do processo, que ocorrerá de 22 a 30 de novembro.
Publicado em 05/10/2021 15:09 Off
Por Vinicius Linden
Assembleia na Faccat discutiu a votação de prioridades ao orçamento estadual. Divulgação

O Conselho Regional de Desenvolvimento Paranhana/Encosta da Serra (Corede Paranhana/ES) iniciou os trabalhos para o processo da Consulta Popular 2021/2022 nas microrregiões Paranhana e Encosta da Serra.  Junto com os Conselhos Municipais de Desenvolvimento (Comudes) estão realizando reuniões para debater as prioridades que farão parte do orçamento do Estado 2022.

Ao todo, serão escolhidas quatro áreas que servirão como base para os projetos serem apresentados para a votação popular, que acontecerá de 22 a 30 de novembro desse ano. O valor destinado as 28 regiões do Estado será de R$ 30 milhões, cabendo R$ 1.114,285 para o Corede Paranhana/ES.

Para o presidente do Corede Paranhana/ES, Delmar Henrique Backes, essa é a oportunidade que todos têm para participar da elaboração do orçamento do Estado. “ Todas as áreas já foram contempladas com a importante participação do povo. A região já foi contemplada com mais de R$ 60 milhões. É a melhor forma de dar destinação aos impostos que pagamos”, enfatiza Backes.

A primeira reunião de discussão sobre a Consulta Popular ocorreu no final de setembro, no auditório Administrativo das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat). Na oportunidade, representantes do governo do Estado realizaram o lançamento da Consulta Popular 2021 orçamento 2022.

Saiba mais

Os municípios de Igrejinha, Parobé, Rolante, Riozinho, Taquara e Três Coroas compõem a microrregião do Paranhana. Já os municípios de Lindolfo Collor, Morro Reuter, Presidente Lucena e Santa Maria do Herval pertencem à microrregião Encosta da Serra.

>> Deixe sua opinião: