Vereadores de Parobé aprovam repasse de R$ 85 mil para a realização da próxima Festa da Melancia

Conforme a legislação, a entidade beneficiada deverá prestar contas da aplicação dos recursos, no prazo de 90 dias após o recebimento
Publicado em 19/11/2021 09:17 Off
Por Cleusa Silva
Foto: Divulgação/Matheus de Oliveira

Com o objetivo de auxiliar a Associação dos Produtores Rurais e Piscicultores de Parobé (APROP) na realização da próxima edição da Feira da Melancia, os vereadores de Parobé aprovaram por unanimidade, na sessão ordinária de terça-feira (16), o Projeto de Lei nº 78/21, do Executivo Municipal, que destina repasse de R$ 85 mil para a promoção da 16ª edição do evento, previsto para ocorrer janeiro de 2022.

Na mensagem ao projeto de lei, a prefeitura argumentou que a feira transformou-se em um dos eventos mais tradicionais do calendário municipal, contribuindo para o desenvolvimento econômico local. “Inclusive, a partir do incentivo da comercialização, os agricultores aumentaram a produção e passaram a agregar mais renda com as vendas”, diz o texto. 

O presidente da Câmara de Vereadores, Marquinhos Friedrich (PDT) explica que, conforme a legislação, a entidade beneficiada deverá prestar contas da aplicação dos recursos, no prazo de 90 dias após o recebimento. Caso não ocorra, o valor recebido deverá ser devolvido, com correção pela inflação. 

“É uma festa que vem crescendo com o passar dos anos, então o apoio municipal é muito bem-vindo. É uma demonstração de comprometimento com o desenvolvimento econômico da nossa cidade”, avalia Marquinhos. 


Na mesma sessão, os vereadores de Parobé também aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei nº 79/21, de origem do Executivo Municipal, que autoriza a abertura de crédito especial dentro do orçamento da Secretaria de Educação, para auxílio a um grupo de alunas e professores que participarão da Exposição de Ciência, Tecnologia e Inovação, no valor de R$ 19,5 mil; e o Projeto de Lei nº 77/21, também do Executivo, que dá denominação a uma rua no bairro Emancipação. 

>> Deixe sua opinião: