Vereadores se reúnem com tenente da Brigada Militar de Parobé

Segundo o tenente, a principal demanda da corporação é por mais efetivo, pois, atualmente são 24 policiais para cuidar de 42 bairros
Publicado em 30/08/2021 09:39 | Atualizado em 30/08/2021 14:50 Off
Por Alan Júnior

Para ouvir quais são as principais demandas da segurança pública e da Brigada Militar de Parobé, vereadores se reuniram na tarde desta quinta-feira (26) com o tenente Marcos. O convite à BM foi feito pelo parlamentar Sergio Padilha (Cidadania). 

Conforme o tenente, o principal entrave para os trabalhos da corporação atualmente é a falta de efetivo. “São 42 bairros para cuidar e somos entre 24, com escalas intercaladas de plantões”, explicou. Ainda conforme o tenente, os principais problemas de segurança estão relacionados ao tráfico, furto e roubo de veículos. 

Os vereadores ressaltaram que os investimentos em efetivo e viaturas precisam partir do Estado e que vão buscar uma agenda junto ao vice-governador e secretário estadual da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, para apresentar as solicitações. “Temos a necessidade de trabalhar em conjunto para trazer mais efetivo”, reforçou Sergio.

O presidente do Legislativo Marcos Friedrich (PDT) salientou que é preciso buscar incentivos para o trabalho da Brigada Militar, buscando apoio com deputados estaduais e federais. “Precisamos da união entre os partidos e de força política para apresentar essa demanda ao Estado”, pontuou. 

Os parlamentares também vão elaborar um requerimento ao Executivo para que seja renovado o convênio da Prefeitura com o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro) de Parobé, que se encerrou em dezembro do último ano. O apoio consiste em repasses mensais ao Consepro, Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Voluntários. 

Também participaram do encontro os vereadores Betinho (PDT), Celso Abreu (PL), Dari da Silva (PL), Celso Açougueiro (DEM), Gilberto Gomes (Republicanos) e Nilson Machado (DEM).

>> Deixe sua opinião: